Masturbação, ou seja, o toque pessoal não serve apenas para tirar prazer sexual. Um pequeno toque suave, também pode ajudar a aliviar as dores menstruais e como tal permite que tenha uma boa noite de descanso. São vários os motivos que lhe irão fazer mudar de opinião quanto à masturbação.

4 Motivos pelos quais a masturbação é boa

Alguns estudos, publicados no Journal of Sex Research, demonstram que a maioria das mulheres recorre à masturbação pelo menos uma vez por semana.

Ainda não faz parte dessa percentagem? Então talvez queira equacionar passar a masturbar-se mais vezes… pois a masturbação não somente leva a que se tenha um orgasmo, mas também a vários benefícios para a sua saúde!

Acaba com as dores menstruais

No início do prazer, a norepinefrina (neurotransmissor segregado para responder ao stress) é libertado pelo nosso cérebro, o que vai lubrificar o sistema nervoso central. E quando a atividade sexual começa, neste caso com a masturbação, o corpo liberta um tsunami de endorfinas, que vão juntar-se aos recetores opiáceos, aumentando o seu limiar de dor.

À medida que a norepinefrina diminui, os níveis de serotonina e oxitocina aumentam, que levam ao princípio das dores menstruais. Assim, se estes 3 neurotransmissores trabalharem juntos, agem como uma excelente fórmula química que alivia as dores menstruais.

Aprender o que sabe bem

Não subestime a importância de saber o que lhe faz melhor, qual o melhor toque que lhe garante um orgasmo. Assim, antes de estar com outra pessoa, a masturbação é a forma de conhecer os seus pontos mais sensíveis e assim quando estiver no ato sexual, pode pedir ao companheiro para tocar em determinados pontos que sabe que lhe vão dar ainda mais prazer.

Mais, a masturbação também conta como exercício para o pavilhão pélvico, neste caso, para os músculos. É que músculos pélvicos fortalecidos, levam a mais orgasmos, não só durante a masturbação, mas também durante o ato sexual!

Dormir como um bebé

Há um cliché sobre os homens, que normalmente adormecem logo após o sexo… isso até é interessante, pois o nosso cérebro está ligado ao desejo de descansar após o sexo! É que ao se atingir o clímax, a hormona prolactina é libertada pelo cérebro, no período pós orgasmo, e devido a isso não se consegue voltar a atingir o clímax, ficando uma sensação de cansaço enorme.

Mais, bastam 60 segundos de um bom orgasmo, para que a hormona oxitocina circule pelo organismo, o que baixa a hormona do stress cortisol e promove uma boa noite de sono!

Acaba com as infeções urinárias

A masturbação também pode ajudar para prevenir as infeções do trato urinário. Especialmente depois dos orgasmos com a necessidade de urinar, isso para expelir as bactérias da uretra (permitindo assim ficar com o sistema urinário saudável).

O mesmo acontece com quando se usa brinquedos sexuais e se pode apanhar infeções fúngicas. Durante o orgasmo o pH da vagina muda, permitindo que as bactérias boas proliferem, prevenindo assim que haja bactérias más que sejam responsáveis por infeções na vagina.