Sexo anal é por norma um tema tabu entre os casais, mas a verdade é que pode ser uma excelente fonte de prazer, quando realizado corretamente!

 Estudos revelam que 36% das mulheres entre os 15 e os 44 já fizeram sexo anal no decorrer da sua vida, sendo que 13% o fez recentemente. Dados do Journal Of Sexual Medicine.

12 factos sobre a prática de sexo anal

Se nunca fizeste sexo anal, ou mesmo que já tenhas feito, podes achar esta prática embaraçosa. Assim,para te sentires mais à vontade, fica abaixo alguns aspetos que podes ter em conta da próxima vez que pensares em ter sexo. Claro que não é um tema para se falar numa festa, mas podes sempre falar com o teu companheiro sexual para tentar… e quem sabe, surpreender.

Sexo anal não deve doer

É obvio que penetrar o ânus com um dedo ou com o pénis, pode ser um pouco doloroso. Mas se durante o ato, os dois conversarem, a penetração será desconfortável e menos dolorosa. Assim, se estiveres a sentir dor, é porque estão a fazer algo errado. Comecem por algo mais pequeno, como um brinquedo sexual anal,e usem muito lubrificante anal.

O homem recebe mais prazer ao ser penetrado no ânus

Verdade, não é um mito! É que a próstata é estimulada através do ânus, basta inserir um dedo no ânus do homem, com o dedo virado em forma de gancho para os testículos. Aí irás estimular essa zona, pressionando o dedo contra o peritoneu.

A próstata é semelhante ao ponto G da mulher

À semelhança das mulheres, os homens também têm um ponto sensível. Assim, na mulher, o homem pode aceder ao ponto G penetrando-a com um dedo, pénis ou brinquedo, em direção à parede anterior da vagina!

Há mulheres que têm orgasmos a partir do sexo anal

 O sexo anal não tem de ser apenas um “presente” para o seu parceiro. Contrariamente ao que se pensa, pode-se tirar prazer deste tipo de sexo. Sendo o responsável o tecido do ponto G, isso porque através da penetração anal, o pénis pode atingir o tecido do ponto G de um outro ângulo,dando um orgasmo completamente diferente à mulher!

Há terminações nervosas no ânus

 Tanto o pénis como a vagina são órgãos com grandesterminações nervosas, e no ânus a mesma coisa. Apesar de os tecidos serem diferentes, as terminações nervosas são idênticas. Assim, basta uma “brincadeira”anal para se obter prazer.

No ânus não há lubrificação

 Ora, a vagina está preparada para o sexo durante todo o dia,sendo que quando a mulher é excitada, fica ainda mais lubrificada, suavizando a penetração. Mas no ânus isso não acontece, teremos que usar lubrificantes para ajudar à penetração.

O pénis pode atingir o intestino

 Como o pénis do homem é longo, durante o sexo vaginal, este pode atingir o cérvix. No sexo anal, há a mesma equivalência anatómica. Na teoria pode-se continuar intestino acima, e é por esse motivo que nunca se deve inserir objetos perfurantes no ânus, pois podem danificar a pele delicada do intestino.

Pode-se fazer as “necessidades”… mas só em casos extremos

 Em casos extremos, pode existir evacuação. Mas isso não acontecerá se for saudável. Claro que se houver um problema por detrás, é mais suscetível isso acontecer.

Sexo anal
Sexo anal

Pode sentir necessidade de ir à casa de banho

 Há muitas mulheres que dizem que ao fazer sexo anal, sentem uma vontade maior de ir à casa de banho, mas essa vontade acaba por desaparecer. Tudo depende da posição, bem como do organismo. Ainda assim, o ideal é ir à casa de banho antes de iniciar a prática sexual.

Posso apanhar uma doença urinária através do sexo anal

As infeções urinárias podem ocorrer quando as bactérias entram na uretra. Sendo eu a brincadeira com sexo anal acarreta mais bactérias,tanto nos dedos, como no pénis, isto se esses tocarem nos lábios ou clitóris depois de terem estado no ânus, sem uso de proteção (preservativo).

Assim, entre atos, é recomendável lavar as mãos, com uma toalhita, e retirar o preservativo do sexo anal para o sexo vaginal. O contrário, já não há problema.

Pode-se engravidar do sexo anal

Poder pode, mas é numa probabilidade muito baixa. Pois o homem pode ejacular no ânus, mas o sémen sair deste e ir parar à vagina. Logo sempre que haja possibilidade do sémen entrar na vagina é possível engravidar…

Fazer sexo anal não alarga o ânus

As mulheres preocupam-se com o alargamento das vaginas consoante o uso, e temem o mesmo do ânus. Mas pensemos o seguinte… será preciso alargar até um ponto extremo que não regresse ao mesmo tamanho… como o uso constante e excessivo de brinquedos sexuais.

Mas basta relaxar durante a prática do sexo anal, para não ter dores e a penetração ser suave. Terá logo a sensação de que o ânus aumentou…